Mostrar 592 resultados

Descrição arquivística
PT INSE ISSIE/GP/PR/08/001 · Documento composto · 1839-03-05 - 2002-01-24
Parte de Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Processos das Companhias de Seguros - Fidelidade (1839-2002), O Trabalho (1969-1979) e a Nacional (1934), da Sociedade Angariadora de Seguros (1961) e o relatório de uma visita de inspecção efectuada à Igreja da Encarnação relativo a risco de incêndio nas instalações (1978).

Propriedades
PT INSE ISSIE/GP/PR · Subsecção · 1802 - 2002
Parte de Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Abarca os diversos conjuntos documentais relativos à gestão dos prédios que constituíam propriedade da Irmandade ou eram por ela administrados, respectivos arrendamentos e inquilinos, compreendendo as séries de livros de contas correntes das propriedades (1802-1833), termos de arrendamento das casas (1806), rendimentos das propriedades (1812-1817), registo de inquilinos (1915-1938), processos de inquilinos (1952-1996), documentos relativos à posse, compra e venda de propriedades (1865-1937), e ao pagamento de impostos relativos às propriedades (1938-1996), documentos referentes aos seguros das propriedades em diversas companhias de seguros (1839-2002), a série de livros de controlo do pagamento de rendas, impostos e comparticipação de electricidade pelos inquilinos da Irmandade (1938-1946), orçamentos de obras e reparações (1943-1993) e de estudos e projectos de remodelações (1866-1999).

Gestão patrimonial
PT INSE ISSIE/GP · Secção · 1755 - 2002
Parte de Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Nesta secção incluíram-se diversos conjuntos documentais que a Irmandade produzia para atestar a posse, inventariar e administrar os bens doados pelos diversos testadores. Esta secção está organizada em duas subsecções documentais distintas: Inventários de bens (IN) e gestão das propriedades e inquilinos (PR).

PT INSE ISSIE/CR/01/001 · Documento composto
Parte de Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Original manuscrito do Compromisso da Irmandade do Santíssimo Sacramento de 1817, organizado em 12 Capítulos: Capítulo 1.º Das obrigações geraes para todos os Irmãos (f. 3); Capítulo 2.º Da Mesa da Irmandade (f. 7); Capítulo 3.º Do cargo do Juiz (f. 11); Capítulo 4.º Do Escrivão da Mesa (f. 12); Capítulo 5.º Do Thesoureiro da Irmandade (f. 13); Capítulo 6.º Do Procurador Geral da Irmandade (f. 15 v.º); Capítulo 7.º Do Procurador da Mesa (f. 16 v.º); Capítulo 8.º Dos meios para ser mais facil o cumprimento das obrigações de cada hum dos Mesarios, e dos mais Irmãos em geral (f. 19); Capítulo 9.º Da Eleição, e Posse da Mesa nova (f. 22); Capítulo 10.º Do Culto Divino (f. 24); Capítulo 11.º Das Pessoas empregadas especialmente para o Culto Divino (f. 26); Capítulo 12.º Das Pessoas occupadas no Expediente da Irmandade (f. 29); Conclusão (f. 30 v.º). Possui “Index dos Capitulos do Compromisso” no início. Tem encadernado junto a Provisão Régia de confirmação do Compromisso, datada de 18 de Agosto de 1817. Juiz: Barão de Quintela; Escrivão: Domingos Gomes Loureiro; Procurador Geral: António Gomes Ribeiro; Tesoureiro: António José Coelho da Fonseca; Procurador da Mesa: Manuel Francisco da Cruz.

Memórias Úteis
PT INSE ISSIE/LE/001 · Documento composto · 1765 - ?
Parte de Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Introdução (f. 1), índice dos instituidores (f. 2, 2 v.º e 3 v.º), resumo relativo ao legado e ao instituidor (f. 5 a 92 v.º), descrição que fez o escrivão da Mesa, António Henriques de Sampaio da prata que existia em cada altar da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação antes do Terramoto de 1755 (f. 129 a 137 v.º), juros reais que possuía a Irmandade do Santíssimo Sacramento (f. 152 a 156), juros dados pela Irmandade a pessoas particulares - juros de particulares que a Irmandade cobrava (f. 158 a 159 v.º), foros que a Irmandade cobrava (f. 161) e propriedades de casas que a Irmandade possuía e que cobrava rendimentos (f. 162). Escrivão: António Henriques de Sampaio.